Osteoporose e idosos
Cuidado com a Osteoporose em idosos
30 de junho de 2020
O cuidador de idoso
Cuidador de idosos
30 de junho de 2020
Exibir tudo

Os benefícios do ovo para os idosos

Benefícios do ovo

“O ovo é um alimento fonte de proteína e pode perfeitamente contribuir com uma alimentação nutritiva, evitando a perda de massa magra e o surgimento de doenças ósseas, por exemplo”

 

Leia tambem: Segurança alimentar / Alimentação para idosos

 

Dia do idoso

Em 1º de outubro, é celebrado o Dia do Idoso. Nesta data, as merecidas homenagens estarão voltadas àqueles que têm muito a contribuir para a construção de uma sociedade melhor.

O dia do idoso é também um importante momento para ampliar o debate sobre os cuidados que essa fase da vida necessita. No Brasil, esta preocupação ganha mais importância, já que de acordo do IBGE, em 2025, 64 milhões de pessoas terão 60 anos de idade ou mais – isto representará cerca de 30% da população prevista.

 

Cuidados com a saúde do idoso

Se por um lado, a melhoria dos índices que garantem mais longevidade à sociedade brasileira é motivo de comemoração, em contrapartida, é preciso ficar atento à outra face da moeda: os cuidados com a saúde. Com o passar dos anos, naturalmente ocorrem alterações fisiológicas no corpo, como diminuição da absorção de cálcio, da biodisponibilidade de produção de vitamina D pela pele e, consequentemente, redução da massa óssea e magra.

 

Segurança alimentar do idoso

ara amenizar problemas de saúde relacionados à idade – e em alguns casos, evitá-los -, é indispensável atentar à alimentação, ponto chave para garantir um estado nutricional adequado.

“É extremamente importante incentivar o consumo de proteínas ao idoso, ainda que alterações no paladar e no sistema digestivo sejam comuns nesta fase da vida”, aponta Lúcia Endriukaite, nutricionista do Instituto Ovos Brasil. 

 

Benefícios do ovo

Também é importante ressaltar que, segundo estudos, a necessidade diária de ingestão proteica dos idosos é equivalente à dos mais jovens.

Além de proteínas, o ovo é composto de zinco, potássio, ferro, ácido fólico e um dos poucos alimentos que possui vitamina D – substância responsável pelo equilíbrio do organismo – e vitamina K, que auxilia no processo de coagulação do sangue. A colina, nutriente essencial do complexo B, também está presente em grande quantidade no ovo e auxilia a produção de acetilcolina. Esta é responsável pela condução do impulso nervoso nos neurônios relacionados à memória, que declinam com a idade.

“O ovo é saboroso, prático, saudável e, o melhor de tudo, tem um valor que o torna acessível à grande parte da população”, conclui a especialista.

 

Leia ainda: Qual o valor de um cuidador de idososEstimulação cognitiva para idosos

Notícia veiculada no Jornal do Lago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *